ARTE E SUSTENTABILIDADE PARA UMA VIDA MELHOR.

13 de julho de 2012

Sustentabilidade e o "Desapegue"


Bazar de troca de roupas e acessórios  - vamos espalhar essa ideia

As peças em bom estado são trocadas apenas por mulheres
As mulheres costumam acumular roupas que foram pouco usadas. A melhor opção neste caso seria doá-las a quem necessita, porém uma alternativa foi desenvolvida para elas. É o evento mensal DESAPEGUE!, que possibilita a troca de peças.

Podem ser levadas roupas, e também acessórios em bom estado, mas a troca é exclusiva para mulheres. O evento ocorre há dois anos e na próxima edição terá uma novidade: uma ala especial para decoração. Por isso, pequenos objetos decorativos também podem ser levados para serem trocados.

Os participantes pagam uma entrada de R$ 30. Assim podem levar até 20 peças que serão avaliadas na entrada do evento por consultoras de moda. Em troca, recebem botões rosa choque, que equivalem ao preço estipulado pela peça, cada peça tem um valor e é apresentado à participante em uma tabela de trocas. Por exemplo, uma camiseta básica vale um ponto/botão, já uma calça jeans vale três.

Os itens mais desgastados são devolvidos à participante ou, se houver consentimento da cliente, são doados ao Exército de Salvação, uma instituição parceria do DESAPEGUE! As peças não vendidas também são destinadas ao projeto social.

As roupas que passam na triagem das consultoras de moda são expostas em araras e mesas. Cada uma ganha uma etiqueta, na qual é indicada a quantidade de pontos/botões necessários para adquiri-la.

Há um provador coletivo, que conta com o auxílio das consultoras de modas. No final do encontro as participantes apresentam os itens que querem levar e pagam com os botões que receberam na entrada.

Além da economia financeira, há a vantagem de ajudar o meio ambiente, pois o processo industrial para a produção de uma nova roupa pode conferir danos aos rios e poluição ao ar.

A próxima edição do evento será na sede do Exército de Salvação, em São Paulo, no próximo dia de 21 de julho de 2012.

Fonte: ciclovivo

12 comentários:

  1. achei ótimo, pena que não é em minha cidade,mas costumamos fazer umas trocas entre as amigas, é excelente, muitas vezes compramos sem parar, quando nem sequer precisamos.

    Tenha um fim de semana de graças e bênçãos
    tá rolando sorteio, já participou ?
    http://sotutoriaislegais.blogspot.com/2012/06/sorteio-4x1-by-duas-mocas-prendadas.html
    Beijoca !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já estou participando e torcendo! Excelente fim de semana pra você também. Beijos

      Excluir
  2. Adorei Cris..
    Bom demais né?
    Beijinhos
    Sheila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra lá de bom, tomara que se espalhe. Passei lá no seu cantinho... Beijos

      Excluir
  3. adorei a ideia Cris e muito bom você com suas ideia maravilhosas demais né bjs e boa sorte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É minha querida, precisamos acordar! Nosso país não é rico e é um dos campeões de desperdício. Essa ideia é comum na Europa e nos EUA, então já está mais do que na hora. Beijos e excelente fim de semana.

      Excluir
  4. Muito boa a ideia além de economizarmos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E você sabe porque ainda não se espalhou? Primeiro por falta de divulgação e segundo por brasileiro é preconceituoso, imagine só! Beijos e Excelente fim de semana.

      Excluir
  5. oi Cris
    Uma iniciativa tão maravilhosa que merece ser divulgada para que em outras cidades desse nosso imenso país ela possa frutificar. Amei!
    um beijinho com carinho
    Gracita

    ResponderExcluir
  6. Isso mesmo Gracita! Toda e qualquer iniciativa para multiplicar boas ações deve ser divulgada. Vemos tantas coisas ruins acontecendo, que precisamos de boas notícias, sim. Beijos

    ResponderExcluir
  7. Uma idéia formidável!
    Eu tenho várias roupas compradas no bazar do asilo da minha cidade.
    Vou espalhar, Cris.
    Beijo, em divina amizade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Sonia, precisamos despertar para essa nova realidade no mundo. Ainda há muitos hábitos de séculos passados em nosso país. Que venham as mudanças! Beijos
      e Boa Sorte

      Excluir